Por Laudenice Oliveira (Comunicadora da Rede ASA/PE e da Rede ANA)

Nossa pauta é Agroecologia e democracia na luta por justiça social e por liberdades. O que nos encanta nessa caminhada é a diversidade de culturas e ritmos diversos que no bailar todos e todas têm sua ginga e seu compasso. O Erê Nordeste finaliza o seu primeiro dia com essa alegria que move e dá leveza a luta. O grupo Forró Piá foi acolhido na geodésica e animou a cultural para quem durante o decorrer do dia construiu e trocou conhecimentos.


Forró, coco, xaxado. Solto/a, agarradinho/a ou de trenzinho. As formas de expressar a alegria também foram diversas. E a melodia, o pífano, a zabumba soaram no pátio do estacionamento do Campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) , no Recife, para anunciar que tudo isso é um ensaio para o IV Encontro Nacional de Agroecologia (IV ENA). Os preparativos já assinalam que o campo e a cidade estão construindo um diálogo para construção de um mundo agroecológico e democrático com respeito a diversidade e com acolhida a todas as culturas, porque assim é que é possível construir um mundo melhor. O Erê Nordeste continua nesta quarta-feira, 28.